PCB repudia a prisão do ex-presidente LULA

O Partido Comunista Brasileiro (PCB) manifesta seu repúdio à prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva, tendo em vista ser esta resultado de um processo viciado, com manipulações e seletividade durante todo o processo. O julgamento do pedido de Habeas Corpus ocorreu diante de avassaladora pressão da mídia, especialmente a rede Globo, do governo federal e dos militares, todos com o objetivo de prender Lula e retirá-lo da disputa eleitoral.

O PCB identifica na prisão de Lula mais um elemento da ofensiva reacionária do imperialismo e da burguesia, da restrição aos direitos políticos e de um ataque às liberdades democráticas em andamento no país. Um dos aspectos desse processo é a espetacularização e seletividade dos julgamentos no judiciário, comprometido com o andamento do golpe. A seletividade fica claramente demonstrada pelo fato de que os principais corruptos, tanto no Executivo quanto no Legislativo, mesmo com vastas provas, continuam soltos e gozando de liberdade.

Esse processo se tornou mais dramático e vingativo com a imediata providência do Juiz Sérgio Moro, pouco mais de 12 horas depois da decisão do STF, em determinar a prisão de Lula, convocando-o para apresentação na Polícia Federal do Paraná até as 17h de sexta feira, dia 6 de abril.

Nesse sentido, não é hora de conciliação e vacilação. Os comunistas brasileiros não titubearão em fortalecer a resistência unitária e popular frente a esta ofensiva às liberdades democráticas. Para além do instável calendário eleitoral, devemos fortalecer, juntamente com todas as forças democráticas, progressistas e revolucionárias, a resistência organizada a esses ataques.

Além disso, orientamos nossa militância, tanto do Partido quanto dos nossos coletivos, a se somar a atos unitários em todos os Estados, participando tanto de sua mobilização como de sua organização, buscando, nesses espaços, além de denunciar a perseguição política ao ex-presidente Lula, participar ativamente do enfrentamento, em conjunto com as organizações e movimentos populares, à escalada fascistizante, ao avanço do conservadorismo e aos ataques contra a classe trabalhadora.

A luta organizada ainda é a melhor arma da classe trabalhadora. Vamos resistir aos ataques e construir, na resistência organizada, os elementos da contraofensiva socialista.

Comissão Política Nacional do PCB

Fonte: https://pcb.org.br/portal2/19284/pcb-repudia-a-prisao-do-ex-presidente-lula

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s